Música

Não negue o seu coração

A melhor anedota sobre pais, filhos e música vem de uma prima minha. Ela tem o nome de uma faixa do Miles Davis. Depois de ouvir um Luan Santana, Nardis falou toda empolgada pro meu tio: “Papai, agora eu entendo porque você gosta tanto de música!”.

Isso me lembra uma entrevista que Gilberto Gil deu ao Roda Viva, acredito eu, na década de 90. Quando perguntaram sua opinião sobre o axé, Gil mandou mais ou menos assim: “Teve um carnaval que eu comecei a ouvir um batuque tão bom vindo de longe e quando foi chegando, chegando, eu percebi que era o Tchan em cima de um trio. O que eu vou fazer? Vou negar o que isso provocou em mim?”.

“O bom gosto é o principal inimigo da criatividade”, disse Picasso. No final das contas, o mais importante é o que uma música provoca em você. Se um patrulheiro do bom gosto (eu incluído! contraditoriamente) um dia te recriminar, apenas lembre o glorioso Cumpadi Washington, o mesmo do parágrafo acima: “Sabe de nada, inocente”.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s