Livros

Robert Walser em “Doutor Pasavento”, de Enrique Vila-Matas

“São poucos os que sabem desfrutar sua velhice, quando pode ser tão satisfatória. Está comprovado que o mundo aspira a voltar sempre às coisas simples, elementares. Por um instinto são, a gente resiste a que o excepcional, o estranho, se faça dominante. A inquieta avidez pelo outro sexo se extinguiu, e já só se aspira ao consolo da natureza e às coisas concretas e belas que estão ao alcance de todo aquele que as deseja. Por fim desapareceu a vaidade e a gente se compraz na grande calma da velhice como sob um sol suave.”

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s